Tendo em vista a prevenção e combate ao branqueamento de capitais e à evasão fiscal, estão estabelecidos os seguintes limites para pagamentos em numerário:

• Até € 3.000,00 – para pessoas singulares;

• Até € 1.000,00 – para sujeitos passivos de IRC ou para sujeitos passivos de IRS que disponham de contabilidade organizada;

• Até € 10.000,00 – para pessoas singulares, não residentes e que não atuem na qualidade de empresários ou comerciantes.

Estes limites abrangem qualquer pagamento ou recebimento, mesmo que ocorram fora do âmbito de uma operação comercial.

Tags : pagamento em dinheiro; branqueamento de capitais;

As informações prestadas não constituem qualquer forma de aconselhamento jurídico nem dispensam a consulta de um Advogado.